Bento Gonçalves

Desembarcamos em Porto Alegre, alugamos um carro e a nossa primeira parada rumo as Serras Gaúchas foi em Bento Gonçalves. Reservamos dois dias para curtir Bento Gonçalves e a nossa intensão foi conhecer as histórias das famílias Italianas e suas culturas.

Para hospedagem escolhemos o Hotel Vinocap , que está muito bem localizado no centro e bem perto de tudo, fomos devidamente instalados em um quarto com acessibilidade (veja no vídeo ao lado), banheiro grande com barras e banquinho de banho.

E agora vamos aos passeios:

- Igreja Matriz de Cristo Rei: uma igreja imponente construída em estilo gótico e inaugurada em 1954, conhecemos por fora pois estava fechada. A rampa de acessibilidade fica atrás da igreja.

- Pipa Pórtico: é o portal de entrada de Bento Gonçalves, ponto turístico muito fotografado por turistas. Ele tem o formato de Pipa (barril), aqui tem um pequeno estacionamento para parar o carro e tirar sua foto e também um ponto de informações turísticas.

- Igreja São Bento: uma construção moderna, com muitos vitrais e com formato de pipa (barril).

- Vinícola Salton: fizemos uma visitação guiada incrível pela fábrica de vinhos e espumantes. Conhecemos a história da família Salton, os toneis de vinho e uma passadinha extra dentro da fabrica, pois nesse caso a inclusão falou mais alto. Devido a uma escada no percurso eu e meus amigos mudamos o caminho e passamos pela produção e depois seguimos no caminho com os outros participantes do tour.

Esse é um exemplo de que quando se quer, faz a acessibilidade para todos.

Após um descanso no hotel, saímos para jantar no Restaurante Don Perignon que fica dentro do Hotel Dallonder e com certeza foi uma excelente escolha.

- Maria Fumaça: No dia seguinte logo cedinho o passeio de Maria Fumaça, um trem muito animado, onde servem vinhos, sucos e com muita musica regional.

A locomotiva possui acessibilidade, com elevador para subir no vagão e banheiro adaptado.

O trem sai de Bento Goncalves a vai até Carlos Barbosa, a volta é feita com um ônibus de turismo também adaptado, esse passeio além de maravilhoso ele é 100% acessível. Esse passeio é realizado pela Giordani Turismo.

Na volta paramos no Parque Temático Epopéia Italiana, uma encenação sobre a história da imigração italiana em Bento Gonçalves. Simplesmente emocionante!!!

Para o almoço paramos no Giordani Gastronomia Cultural, uma experiência gastronômica irresistível, começa com queijos, pães e saladas servidos na mesa, depois vem um rodízio de massas e carne e para completar uma mesa repleta de sobremesa. Uau!

Nesse restaurante tem rampa e banheiro adaptado individual.

logo_topo1.png
images.jpeg

Nos despedimos aqui de Bento Gonçalves, mas no caminho até Gramado não podíamos deixar de passar na loja de fábrica da Tramontina. É muito grande, com mais de 10 mil itens variados que vai além de panelas e facas, lá você encontra ferramentas, móveis para casa e tem um robô que personaliza sua faca com o nome que você quiser, é um verdadeiro parque de diversão para os adultos.

 

Seguimos nosso caminho rumo à Gramado, estamos de carro e isso facilita muito nossa vida, pois podemos parar onde e quando quisermos e fico com a sensação de que para Bento Gonçalves seria necessário pelo menos mais 2 dias e deixamos para a próxima oportunidade os locais listados abaixo:

- Vinícola Aurora você poderá ver tudinho no tour realizado internamente na vinícola, que tem uma adega belíssima. Ao final há uma degustação de alguns itens da empresa.

- Caminhos de Pedra um roteiro na ida para Caxias do Sul onde os imigrantes italianos construíram suas casas de pedra e madeira, seguindo a técnica trazida da Europa.

- Vale dos Vinhedos que é Patrimônio Histórico e Cultural do Rio Grande do Sul desde 2012

Apoio:

FIOROTI%2520TAJIRI%2520LOGOTIPO%2520A%25
Sou a Ketly Vieira!

Influenciadora digital cadeirante viajante.

Recentemente decidi compartilhar com vocês minhas aventuras e assim nasce esse Blog.

Acessibilidade tô de Olho

 

ENTRE EM CONTATO

© 2019  Produzido e criado por agenciamilano.com